Sake Azuma Kirin Guinjo 740ml

Sake Azuma Kirin Guinjo 740ml

SKU erp-1359
R$ 139,90
6 x de R$ 23,32 sem juros no Cartões
Boleto

1 x sem juros de R$ 132,90 (Desconto de 5%) no Boleto

R$ 139,90
Quantidade

Produto Indisponível

Avise-me quando chegar

Consulte frete e prazo de entrega

Não sabe o CEP?


SAQUÊ AZUMA KIRIN GUINJO


Azuma Kirin Guinjo é um saquê da categoria Honjozo, com o grau de polimento do arroz de 60%.

Desenvolvido para os paladares mais exigentes. Um sake Premium de sabor frutado e marcante. O resultado é um sakê de aroma mais frutado. Ideal se servido gelado entre 5°C e 7°C.

Pioneira na produção de saquê no Brasil, a Azuma Kirin atua no país há mais de 80 anos, sempre utilizando métodos tradicionais e matérias primas nobres, resultando em produtos com nível de qualidade de um autêntico saquê japonês. Essa qualidade é atestada por premiações internacionais, além do reconhecimento da marca junto aos consumidores e profissionais da coquetelaria. 

Origem

A origem exata do saquê é desconhecida, o primeiro registro da bebida produzida na combinação de arroz, água e koji ocorreu no Século III na cidade de Nara, antiga capital do Japão. 

Mas afinal, como é feito o saquê?

1. O primeiro passo é a escolha das matérias primas: legítimo arroz japonês de qualidade, o qual passa pelo processo de polimento dos grãos, o que pode reduzir em até 40% o seu tamanho, retirando gorduras, fibras e proteínas concentrados na parte externa do grão.
2. Em seguida é realizada a lavagem do arroz, que depis é escorrido e passa para o cozimento em vapor de água. 
3. Após, no processo de resfriamento ocorre o mais importante passo para a alma, sabor e características do saquê: a adição do koji e do motokoji é uma cultura de aspergillus oryzae, que produz enzimas necessárias para transformar o amido do arroz em sacarose e decompor suas proteínas. O moto é uma mistura de arroz cozido e levedura, preparada anteriormente. 
4. Da mistura produzida resulta uma massa cahamda moromi, que durante 20 dias fica em descanso e fermentação, sempre sob análise de controle de qualidade. 
5. Quando os níveis de análise atingem o ideal, o moromi passa para a prensagem, onde o líquido é separado, resultando no saquê original.
6. Em seguida o saquê é pasteurizado a 62º-65ºC condicionado em tanques de inox herméticos durante 3 a 4 meses, atingindo sua maturação.
7. O saquê segue para a filtragem e controle de qualidade final, onde é analisada a quantidade de álcool, açúcar e acidez, além de suas características como aroma, cor e paladar.
8. Finalmente, o saquê é engarrafadoembalado e distribuído. 

Dicas de consumo de saquê

Ao contrário do vinho, quanto mais fresco o saquê é consumido, melhores são as percepções de sabor e aroma. Após 1 ano de fabricação. as características do saquê podem sofrer alterações. 

Esquentar o saquê, como muitas pessoas têm costume, pode fazer com que as características de sabor aroma sejam alteradas. É uma escolha de acordo com o paladar de cada um, entretanto, a temperatura ideal para consumo do produto é entre 5º e 7ºC.

Tomar seu saquê em taças, semelhante às de vinho, ajudará a evidenciar seus aromas e sabores. Os tradicionais copos de saquê como ochoko massu são visualmente mais característicos e típicos, mas pode ousar-se experimentar novas formas de consumo em ocasiões especiais.


País - Brasil
Classificação - Saquê
A base de - Mosto fermentado de arroz
Graduação alcoólica - 15%ABV
Litragem -  740ml

Avaliar produto

Preencha seus dados, avalie e clique no botão Avaliar Produto.
Muito Ruim Ruim Bom Muito Bom Excelente

Indique a um amigo

Preencha os campos abaixo e clique em Indicar Produto.
A sua indicação será enviada para o e-mail especificado.

Sake Azuma Kirin Guinjo 740ml

R$ 139,90

Compre por marcas

Produtos que você já viu

Você ainda não visualizou nenhum produto

Termos Buscados

Você ainda não realizou nenhuma busca